INFLUÊNCIA DOS DIFERENTES TAMANHOS DE PARTÍCULAS DA MATRIZ ÓSSEA BOVINA ANORGÂNICA NO PROCESSO DE REPARO ÓSSEO. ANÁLISE HISTOLÓGICA E RADIOGRÁFICA DE DEFEITOS CRIADOS CIRURGICAMENTE EM CALVÁRIA DE COELHOS.

LEANDRO EDUARDO KLÜPPE

Cirurgião-Dentista

INSTAGRAMFACEBOOK

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar histológica e radiograficamente a influência do tamanho das partículas da matriz óssea bovina anorgânica (MOBA) sobre o processo de reparação óssea. Na calvária de 18 coelhos adultos da raça Nova Zelândia foram preparadas quatro cavidades com diâmetro de 8 milímetros, sendo duas do lado direito da sutura sagital e duas do lado esquerdo. Os defeitos foram preenchidos com osso autógeno triturado (grupo controle); MOBA de granulação grossa; MOBA de granulação média ou MOBA de granulação fina. Os animais foram sacrificados nos períodos pós-operatórios de 15, 30 e 60 dias. Antes do início do processamento histológico, as peças foram radiografadas sequencialmente. Para análise destas imagens utilizou-se como padrão de comparação o osso do crânio que não estava envolvido nas áreas de ostectomia. Desta forma, observou-se que o osso autógeno apresentava-se discretamente radiopaco inicialmente, tendendo a apresentar uma radiopacidade bastante semelhante ao tecido adjacente no período final. A MOBA de granulação grossa e média mantiveram o mesmo padrão radiográfico, sendo que aos 60 dias, o aparecimento de uma porção radiolúcida em sua porção central pode ser observada. Já a MOBA de granulação fina apresentava discreta radiolucidez no período inicial, a qual tornou-se mais intensa nos períodos sucessivos. A análise histológica demonstrou a formação de maior quantidade de osso e menos reação inflamatória no grupo controle (osso autógeno). Para o biomaterial, em todas as granulações pôde-se observar a presença de infiltrado inflamatório considerável nos períodos de 15 e 30 dias. Nos defeitos preenchidos pela MOBA de granulações grossa e média o processo de reparação transcorreu de maneira semelhante, sendo que no período final uma grande quantidade de partículas e tecido conjuntivo fibroso ainda estavam presentes na cavidade. Contrariamente, a

Share This